Voltar ao topo.
Curta no Facebook:
Tempo em Nonoai - RS:
Tempo em Trindade do Sul - RS:
Tempo em Três Palmeiras - RS:
CPZ NotíciasNotícias de Nonoai e região em primeira mão
Última atualização:19 de novembro de 2018,
às 14:04

Salmo Dias de Oliveira está concorrendo a presidência da Famurs

« Anterior« Última» Próxima» PrimeiraCategoria:Política
ImprimirReportar erroTags:dia, político, juntamente, cnm, confederação, nacional, voz e gaúcho436 palavras7 min. para ler
Salmo Dias de Oliveira está concorrendo a presidência da Famurs - PolíticaVer imagem ampliada
O Partido Progressista conquistou a presidência para o pleito 2017/2018 da Famurs, porque tem o maior número de prefeitos e vice-prefeito dos estados. Nesse cenário está as eleições que ocorre durante os dias 22 a 28 de abril. Concorrem a presidência da Famurs o prefeito de Rio dos Índios, Salmo Dias de Oliveira, o Prefeito de Pantano Grande – Cássio Nunes Soares, Prefeito de Bento Gonçalves – Guilherme Pasin e o Prefeito de Bom Jesus – Frederico Arcari Becker.

 

Em entrevista para o Jornal Folha da Produção, o Prefeito Salmo Dias de Oliveira, destacou que o país está em uma crise institucional, onde as pessoas, o cidadão que precisa dos serviços, cobram melhorias na comunidade, e vão apresentar os anseios para os prefeitos. “O cidadão que paga os impostos, que tem a expectativa de melhorias no município, merece ter uma vida melhor, com mais obras, mais serviços públicos onde ele vive, daí a importância do prefeito municipal,”, destaca Salmo. Conforme o prefeito, se os municípios tivessem mais recursos não teria esse descrédito da política, porque a população teria uma resposta mais positiva.  Seria necessário uma inversão do bolo tributário, onde os município deveriam receber mais recursos oriundos do bolo tributário. Salmo destaca que a Famurs  é uma associação forte que precisa se posicionar e buscar mais autonomia financeira e política dos municípios. Salmo destaca que se candidatou a presidente da Famurs por entender que é necessário defender o municipalismo, para diminuir a distância entre os pequenos municípios e o estado. A Famurs  possibilita reivindicar aos governos, estadual, e federal, pleitos importantes para os municípios, juntamente com a CNM, Confederação Nacional dos Municípios.  Conforme Salmo, a Famurs  é a voz do municipalismo gaúcho e precisa cumprir o papel político de orientar  e defender os municípios, tomar posições frente aos governos estadual e federal. Entre os pleitos defendidos por Salmo Dias de Oliveira, está a gestão compartilhada dos recursos da FAMURS com as Associações Regionais; Determinação na busca de autonomia política e financeira dos municípios; Defesa contudente dos prefeitos e municípios, diante do Ministério Público, Tribunal de Contas e Poder Judiciário; Estudo do impacto da Previdência Social no Regime Geral e Próprio nas finanças municipais (orientar cada município); Trabalhar junto às instituições financeiras uma carteira de negócios, especial para os RPPSs que beneficie os servidores e o município; Valorizar os quadros técnicos da Famurs e discutir os cargos políticos com as associações, entre outros.

A Famurs é composta por 27 Associações Regionais e representa todas as 497 cidades gaúchas.


A eleição ocorre entre os dias 22 a 28 de abril, e os prefeitos e vice-prefeitos do PP, precisam cadastrar os emails até o dia 12 de abril.  

Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Comentários