Voltar ao topo.
Curta no Facebook:
Tempo em Nonoai - RS:
Tempo em Trindade do Sul - RS:
Tempo em Três Palmeiras - RS:
CPZ NotíciasNotícias de Nonoai e região em primeira mão
Última atualização:16 de dezembro de 2018,
às 18:37

Há quatro meses preso, Deputado João Rodigues retoma mandato de parlamentar

« Anterior« Última» Próxima» PrimeiraCategoria:Política
ImprimirReportar erroTags:destinada, oficial, conhecido, tomar, execução, juízo, critério e condenado224 palavras3 min. para ler
Há quatro meses preso, Deputado João Rodigues retoma mandato de parlamentar - PolíticaVer imagem ampliada
Após quatro meses preso, o deputado João Rodrigues (PSD), deixou o presídio da Papuda na manhã desta segunda-feira (11), para retornar ao seu mandato na Câmara dos Deputados.

A permissão para voltar ao trabalho foi deferida pelo ministro do Supremo Tribunal Federal, Luiz Roberto Barroso, que atendeu ao pedido da defesa do parlamentar. A informação foi noticiada com exclusividade pelo jornalista Marcelo Lula, do Grupo Condá de Comunicação, na última quinta-feira (6).


A defesa de João Rodrigues contestou o fato de ele estar em regime fechado, quando o cumprimento da pena deveria ser no regime semiaberto. Na decisão, o ministro deferiu a liminar para que o deputado fosse posto em uma unidade compatível com o regime fixado, ou seja, o semiaberto, ou em uma unidade onde possa usufruir dos benefícios do regime a qual foi condenado, a critério do Juízo da Execução.

Após tomar conhecido oficial da decisão do ministro Barroso, a juíza Leila Curi determinou a transferência do deputado para uma nova ala do Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília. Curi pede ainda que, Barroso determine a carga horária, itinerário e as atividades as quais o deputado estará liberado a realizar no parlamento.

Conforme o blog do jornalista Marcelo Lula, a partir de agora, o deputado ficará na ala C do bloco V, que é destinada ao cumprimento da pena no regime semiaberto.

Fonte:Clic RDC
Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Comentários