Voltar ao topo.
Curta no Facebook:
Tempo em Nonoai - RS:
Tempo em Trindade do Sul - RS:
Tempo em Três Palmeiras - RS:
CPZ NotíciasNotícias de Nonoai e região em primeira mão
Última atualização:19 de novembro de 2018,
às 13:49

Urgente: Operação Policial em Nonoai

« Anterior« Última» Próxima» PrimeiraCategoria:Polícia
ImprimirReportar erroTags:ordens, relacionados, materiais, aprendidos, encontrados, diligenciados, diversos e alvos265 palavras4 min. para ler
Urgente: Operação Policial em Nonoai - PolíciaVer imagem ampliada
Polícia Civil fecha dez pontos de jogo do Bicho em Nonoai


A Operação “Extinção“ resultou em

apreensão de R$ 4.591,00 em moeda corrente, máquinas de apostas (jogo do bicho), blocos de apostas, extratos de apostas, bilhetes de resultado, brindes, celulares, petrechos de jogo (calendários, anotações, bobinas, etc.)

Descrição: na tarde desta quarta-feira, 15 de agosto de 2018, a Polícia Civil, através da Delegacia de Polícia de Nonoai, com apoio de outras nove delegacias da 11ª região policial, desencadeou a Operação Extinção, que objetiva coibir a prática ilícita de bancas de aposta (jogo do bicho) no referido município.

A ação foi coordenada pelo Delegado de Polícia Marino Franceschi, e foram empregados vinte e quatro policiais, entre Delegados e Agentes, os quais deram cumprimento a dez ordens judiciais de busca e apreensão, que tinham como alvos diversos pontos de apostas de jogo do bicho. 

Em todos os dez pontos diligenciados foram encontrados e aprendidos materiais relacionados ao jogo do bicho (cartazes, blocos, extratos, máquinas de apostas, dinheiro, etc.), e em um dos locais foram localizadas duas porções de cocaína. No total dez infratores foram conduzidos até a Delegacia de Polícia para esclarecimentos, e após assumirem o compromisso de comparecerem em juízo, foram liberados.

Com a operação de hoje, a Polícia Civil visa coibir a prática de jogos de azar na região de Nonoai, além de conscientizar a população que a participação neste tipo de jogo, além de ser ilegal, é prática que fomenta o crime organizado. A partir da operação “Extinção” será dado prosseguimento às investigações junto à Delegacia de Nonoai.


Ver imagem ampliadaVer imagem ampliadaVer imagem ampliada
Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Comentários