Voltar ao topo.
Curta no Facebook:
Tempo em Nonoai - RS:
Tempo em Trindade do Sul - RS:
Tempo em Três Palmeiras - RS:
CPZ NotíciasNotícias de Nonoai e região em primeira mão
Última atualização:17 de dezembro de 2018,
às 05:50

Polícia divulga imagens de homem que esfaqueou mulher em loja de conveniência

« Anterior« Última» Próxima» PrimeiraCategoria:Polícia
ImprimirReportar erroTags:garantido, escondido, conta, morador, bairro, santana, pegado e faca273 palavras4 min. para ler
Polícia divulga imagens de homem que esfaqueou mulher em loja de conveniência - PolíciaVer imagem ampliada
A Polícia Civil divulgou, nesta terça-feira, imagens do homem que esfaqueou uma mulher dentro de uma loja de conveniência de um posto de combustíveis da avenida Ipiranga, em Porto Alegre. Câmeras de segurança flagraram o momento em que o suspeito chega ao estabelecimento comercial e comete a agressão. O caso aconteceu por volta da 0h30min do último dia 15.

De acordo com a delegada Roberta Bertoldo, da 2ª Delegacia de Polícia de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DPHPP), o agressor e a vítima não se conheciam. "Ele agrediu a mulher de forma aleatória. E poderia ter agredido qualquer um”, ressalta a delegada, que investiga o caso. A Justiça já decretou a prisão preventiva do agressor, de 31 anos, que está foragido.

Em depoimento à Polícia, familiares do homem informaram que ele teria sido diagnosticado com esquizofrenia e que também seria usuário de drogas e bebidas alcoólicas. "Ele já tinha estado internado (no hospital) outras vezes, provavelmente teve uma crise a atacou a mulher”, conta Roberta. O homem é morador do bairro Santana e teria pegado a faca escondido da família.

A vítima, de 47 anos, precisou passar por cirurgia e segue internada no Hospital Cristo Redentor, na zona Norte da Capital. "Pela localização da lesão, ela correu o risco de ficar paraplégica, mas felizmente isso não aconteceu”, explicou a delegada. De acordo com Roberta, o homem representa perigo para a sociedade. "Por isso estamos divulgando as imagens, para que a população nos ajude a localizá-lo e também para que se proteja”. Quem tiver alguma informação sobre o agressor pode repassar à Polícia através do número 0800 642 0121. A ligação é gratuita e o sigilo garantido.

Fonte:Correio do Povo
Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Comentários