Voltar ao topo.
Curta no Facebook:
Tempo em Nonoai - RS:
Tempo em Trindade do Sul - RS:
Tempo em Três Palmeiras - RS:
CPZ NotíciasNotícias de Nonoai e região em primeira mão
Última atualização:23 de fevereiro de 2019,
às 20:32

Polícia Civil deflagra a terceira fase da Operação Pólis em Passo Fundo#

« Última» PrimeiraCategoria:Polícia
ImprimirReportar erroTags:manha, patrimônio, presa, estava, mulher, anos, presas e pessoas291 palavras4 min. para ler
Polícia Civil deflagra a terceira fase da Operação Pólis em Passo Fundo - PolíciaVer imagem ampliada
Foram cumpridos dois mandados de prisão preventiva e sete de busca e apreensão, além de seis ordens judiciais de sequestro de bens móveis e veículos.


A Delegacia de Polícia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) deflagrou a 3ª fase da Operação Pólis, em Passo Fundo, nesta segunda-feira (14).

Foram cumpridos dois mandados de prisão preventiva e sete de busca e apreensão, além de seis ordens judiciais de sequestro de bens móveis e veículos.

Conforme o delegado Diogo Ferreira, após o encerramento das primeiras fases, nas quais foram cumpridas buscas nas residências dos investigados, com apreensão de documentos, veículos, valores, sequestro de imóveis, foram instaurados inquéritos policiais para investigar cada núcleo criminoso dos estelionatários.Foram realizadas análise das quebras de sigilo fiscal, financeiro e bancário dos investigados, em que foram apuradas mais de 15 atos de lavagem de dinheiro dos investigados, identificados os "laranjas”, aferido o patrimônio oriundo da lavagem de dinheiro, proveniente dos estelionatos praticados pelos investigados.

Prisões

Nesta terceira fase, foram duas pessoas presas: um casal, de 34 e 41 anos. A mulher já estava presa em São Gabriel e o homem foi capturado quando chegava para visitá-la na casa prisional.

Os dois são suspeitos de R$ 3 milhões em crimes relacionados ao golpe do bilhete premiado.

São cinco veículos alvos de sequestro, avaliados em mais de R$ 300 mil, e um imóvel de luxo, avaliado em mais de R$ 2 milhões, pertencentes ao casal preso.

Após o término do processo com condenação serão leiloados, e as vítimas destes investigados receberão os valores que foram lesadas na época, e o restante será revertido à Polícia Civil.

Além das duas prisões, foram apreendidos três veículos, uma lancha e dinheiro.

A ação teve a participação de 26 policiais civis de Passo Fundo e 10 viaturas.

Diário da Manha 

Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Comentários#