Voltar ao topo.
Curta no Facebook:
Tempo em Nonoai - RS:
Tempo em Trindade do Sul - RS:
Tempo em Três Palmeiras - RS:
CPZ NotíciasNotícias de Nonoai e região em primeira mão
Última atualização:17 de dezembro de 2018,
às 13:53

Polícia Civil de Chapecó divulga resultado da Operação Cronos

« Anterior« Última» Próxima» PrimeiraCategoria:Polícia
ImprimirReportar erroTags:rápido, registrou, pedir, preventiva, tiago, roubos, receptação e ameaças393 palavras6 min. para ler
Polícia Civil de Chapecó divulga resultado da Operação Cronos - PolíciaVer imagem ampliada
A Polícia Civil de Chapecó, na tarde desta segunda-feira (27), apresentou os resultados da Operação Cronos, realizada na última sexta-feira (24), em todo o Brasil. Em Chapecó 40 policiais participaram da ação que foi coordenada pela  Divisão de investigação Criminal (DIC) e a Delegacia de Proteção, Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (Dpcami).



A operação que tinha como objetivo prender pessoas suspeitas ou condenadas por homicídios e feminicídios, gerou bons resultados, conforme o delegado regional Wagner Meirelles. Segundo ele, Chapecó foi uma das cidades que apresentou grande número de prisões no Estado. Na operação foi realizada a prisão de pessoas com mandados de prisão por homicídio, tentativa de homicídio, violência doméstica e roubo.

Resultados da DIC

Segundo o delegado da DIC, Vagner Papini foram efetuados sete mandados de prisão, desses, seis por homicídio e um por roubo. Ele explica que três desses mandados dizem respeito aos últimos homicídios cometidos na cidade e os demais a crimes mais antigos, porém, ele não pode divulgar mais detalhes, pois pode prejudicar o andamento das investigações.

Papini relata que neste ano aconteceram 22 homicídios em Chapecó e que todos já foram elucidados, e os suspeitos identificados. Porém, faltam realizar três prisões, pois a Polícia está levantando maiores provas para pedir a prisão preventiva.

Resultados Dpcami

Já na Dpcami foram efetuados três mandados de prisão. Segundo o delegado Tiago Escudero, os crimes foram roubos, receptação, violência doméstica e ameaças. Ele ressalta que neste ano Chapecó ainda não registrou nenhum feminicídio, apenas um tentado que o suspeito já está preso, por isso na operação não foi realizado nenhuma prisão deste tipo.

No total, em Chapecó foram executados 10 mandados de prisão, que resultou em nove presos, já que um dos suspeitos tinha dois mandados, um por homicídio e outro por roubo.

Bons resultados

Para o delegado regional Meirelles, o resultado positivo se dá pela nova dinâmica de trabalho. Com dois delegados e equipes especializadas que conseguem trabalhar de forma mais eficaz e rápida. Ele ressalta que todas essas prisões em apenas um dia é uma boa resposta para as famílias das vítimas.

Em relação à violência contra a mulher o delegado Escudero avalia que a queda de feminícidios em Chapecó, se dá pelo fato da mulher estar mais informada e pela melhoria de equipamentos, que fez com que o tempo de resposta seja mais rápido

Fonte:Clic RDC
Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Comentários