Voltar ao topo.
Curta no Facebook:
Tempo em Nonoai - RS:
Tempo em Trindade do Sul - RS:
Tempo em Três Palmeiras - RS:
CPZ NotíciasNotícias de Nonoai e região em primeira mão
Última atualização:17 de dezembro de 2018,
às 05:58

Ataques simultâneos a bancos têm reféns e tiros no Nordeste do RS

« Anterior« Última» Próxima» PrimeiraCategoria:Polícia
ImprimirReportar erroTags:cp, município, fugiu, direção, linha, espraiado, interior e divulgada266 palavras4 min. para ler
Ataques simultâneos a bancos têm reféns e tiros no Nordeste do RS - PolíciaVer imagem ampliada
Dois criminosos foram presos após a ação em Paim Filho

Criminosos assaltaram simultaneamente duas agências bancárias de Paim Filho, no Nordeste do Estado, na manhã desta sexta-feira. O grupo efetuou disparos e fez quatro pessoas reféns. As vítimas foram obrigadas a realizarem um cordão humano para evitar a aproximação da polícia e depois foram levadas com os criminosos durante a fuga.

De acordo com a prefeitura de Paim Filho, os ataques começaram logo após a abertura dos bancos por volta das 10h20min. Dois assaltantes invadiram a agência Sicredi, enquanto três atacaram o Banrisul.

No Sicredi, os criminosos, com máscaras, quebraram o vidro da agência e realizaram disparos de arma de fogo. A dupla levou como refém o guarda do banco e um pedestre que estava próximo à agência. Já no Banrisul, três homens – também com máscaras – invadiram a agência e realizaram disparos. Duas pessoas foram feitas reféns. As vítimas foram liberadas após os ataques. A quantia levada pelos criminosos nos dois ataques não foi divulgada.

Após os assaltos, o grupo de cinco criminosos fugiu em direção à Linha Espraiado, no interior do município. Dois deles foram presos e os outros seguem foragidos. A Brigada Militar faz buscas na região, inclusive em Maximiliano de Almeida e Machadinho – cidades do lado, que podem ter sido utilizadas como rota de fuga.

O secretário da Segurança Pública do Rio Grande do Sul informou, pelo Twitter, que a Força Gaúcha de Pronta Resposta, criada recentemente, deverá prestar auxílio à Brigada Militar da região e, posteriormente, à Polícia Civil. 

Correio do Povo 

Foto: Clovis Ravizoni Boka / Informativo Regional de Sanaduva / CP


Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Comentários