Voltar ao topo.Ver em Libras.
Curta no Facebook:
Tempo em Nonoai - RS:
Tempo em Trindade do Sul - RS:
Tempo em Três Palmeiras - RS:
CPZ NotíciasNotícias de Nonoai e região em primeira mão
Última atualização:18 de setembro de 2019,
às 17:28

Temporal deixa ao menos três mortos no Rio de Janeiro#

« Última» Primeira🛈Categoria:Geral
ImprimirReportar erroTags:povo, acionar, entrou, estado, crise, defesa, civil e 20h400 palavras5 min. para ler
Temporal deixa ao menos três mortos no Rio de Janeiro - GeralVer imagem ampliada
Sirenes foram acionadas em comunidades para alertar sobre o risco de desabamentos e desmoronamentos

Ao menos três pessoas morreram por causa do temporal que atingiu o Rio de Janeiro na noite dessa segunda-feira. Duas delas foram vítimas de um deslizamento no Morro da Babilônia, no Leme, zona Sul da cidade. A terceira morte, por afogamento, foi registrada na avenida Marquês de São Vicente, na Gávea. Segundo relatos, um homem que estava na garupa de uma moto acabou derrubado pela correnteza e arrastado pela água. Quando o alagamento na via diminuiu, o corpo foi encontrado preso embaixo de um carro.A forte chuva causou inundações em vários bairros, derrubou árvores e destruiu carros, além de ter complicado o o trânsito.

Às 20h55min a cidade entrou em estado de crise. A Defesa Civil chegou a acionar 35 sirenes em 19 comunidades, para alertar do risco de desabamentos e desmoronamentos, entretanto, até as 20h15min não havia registro de desabamentos nem de vítimas da intensa chuva.

O Centro de Operações da Prefeitura do Rio afirma que há previsão de chuva moderada a forte na manhã desta terça-feira e chuva fraca a moderada a partir do período da tarde. A prefeitura orienta que os cidadãos não caminhem pelos alagamentos e não usem o telefone enquanto estiverem em casa.

Suspensão de aulas 

A prefeitura do Rio de Janeiro suspendeu as aulas da rede municipal de ensino nesta terça-feira por causa do temporal que atingiu a cidade. O Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) prevê que a chuva forte continue pela cidade ao menos até às 10h desta terça. A prefeitura recomenda que a população somente saia de casa "em caso de extrema necessidade".

O bairro mais afetado até às 20h era o Jardim Botânico, na zona sul, onde durante quatro horas choveu 155,4 milímetros, mais que o esperado em todo o mês de abril, que é 136 mm, segundo a prefeitura do Rio.

O segundo bairro onde mais choveu foi o Alto da Boa Vista, na zona Norte (102,6 mm, quando a média para o mês é de 193,8 mm). Os outros bairros bastante atingidos foram Copacabana, Rocinha (ambos na zona Sul) e Tijuca (zona Norte). Na zona Norte, o rio Maracanã transbordou. Na zona Sul, Botafogo e Laranjeiras registraram dezenas de alagamentos. A ciclovia Tim Maia, na altura de São Conrado, chegou a desabar. É a terceira vez que um trecho da ciclovia cai.

Correio do Povo 

Comentários#