Voltar ao topo.Ver em Libras.
Curta no Facebook:
Voltar umAvançar umPausar
Nonoai - RS:
Trindade do Sul - RS:
Três Palmeiras - RS:
Notícias de Nonoai e região em primeira mão
Última atualização:23 de janeiro de 2020,
às 08:31

Sobreviventes de acidente, mãe e filho argentinos são levados a Chapecó

« Última» Primeira🛈Categoria:Geral
ImprimirReportar erroTags:wh3, hora, norte, litoral, camboriú, balneário, caminho e madeira294 palavras4 min. para ler
Sobreviventes de acidente, mãe e filho argentinos são levados a Chapecó - GeralVer imagem ampliada
Três pessoas morreram depois que um contêiner caiu sobre o carro da família na BR-470, em Pouso Redondo. 

Os dois sobreviventes do acidente no qual três argentinos morreram após um contêiner cair em cima do carro deles em Pouso Redondo, no Vale do Itajaí, foram levados nesta quinta-feira (25) pelo Arcanjo 2 de Lontras, no Vale do Itajaí, a Chapecó, no Oeste. 

Lorena Alejandra Lindstrom, de 42 anos, e o filho Lautaro Julian Silva, de 6 anos, foram recebidos por uma equipe médica, apoiada pela Polícia de Missiones, na Argentina. Os profissionais vão levá-los a Posadas, onde reside a família. 

Carlos Luis Silva, de 55 anos, a filha dele, Nabila Alejandra Silva, de 7, e Iris Alejandra Acosta, de 27 anos, amiga da família, morreram no local. 

De acordo com os bombeiros, Lorena Lindstrom disse que o resgate foi complicado e levou até 1 hora, em função do peso colocado sobre o veículo. 

O acidente ocorreu no km 184 da BR-470, no bairro Pombinhas. O contêiner, no qual havia 26 toneladas de madeira, estava em uma carreta e caiu em cima do carro da família. 

A família estava a caminho de Balneário Camboriú, no Litoral Norte, onde passaria férias. 

O acidente 

O acidente ocorreu logo após um vendaval e havia árvores caídas sobre a pista. No depoimento que deu à polícia, o motorista da carreta disse que o carro dos argentinos estava parado no meio do asfalto e, ao tentar evitar a batida, perdeu o controle da carreta. 

A mãe da família afirmou em depoimento que o marido não parou sobre a pista. Ela disse que houve fila e o trânsito ficou lento. O carro que vinha logo atrás freou bruscamente e conseguiu evitar o choque, mas a carreta, não. 


Fonte: WH3

Comentários