Voltar ao topo.
Curta no Facebook:
Tempo em Nonoai - RS:
Tempo em Trindade do Sul - RS:
Tempo em Três Palmeiras - RS:
CPZ NotíciasNotícias de Nonoai e região em primeira mão
Última atualização:20 de novembro de 2018,
às 05:52

Policiais da PATRAM de Nonoai e Erechim trabalham na captura da cobra que matou o menino Guilherme

« Anterior« Última» Próxima» PrimeiraCategoria:Geral
ImprimirReportar erroTags:moradores, forem, sozinhas, vive, noturna, vitimas, apertam e constritores192 palavras2 min. para ler
Policiais da PATRAM de Nonoai e Erechim trabalham na captura da cobra que matou o menino Guilherme - GeralVer imagem ampliada
Moradores relatam que na região teria no mínimo quatro cobras de grande porte, possivelmente sucuri. 

Nesta terça-feira o efetivo de policiais do Comando Ambiental da Brigada Militar, Patram de Nonoai e Erechim, se deslocaram para as margens do Rio Teixeira, na divisa dos municípios de Sertão e Ipiranga do Sul. O menino Guilherme se banhava quando foi atacado por uma cobra, que o puxou para dentro do rio. 

 A cobra foi avistada, pelo menos duas vezes, ontem, quando era realizado buscas pelo menino. De acordo com informações, os policiais vasculham as margens do rio, para encontrar as cobras, que serão recolhidas em local apropriado, assim que forem encontrada. 

A sucuri tem os mesmos hábitos dos outros constritores (cobras que apertam suas vitimas).  Grande e noturna, a sucuri geralmente vive sozinhas nas florestas matas tropicais da América do Sul. Seu habitat são os pântanos ou os galhos baixos das arvores próximas da água parada. Ela fica a espreita de sua vitima.

Geralmente a vitima e puxada para dentro da água depois de ser segura pela boca da cobra. Na água ela e sufocada por uma serie de constrições e afogada ate morrer

Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Comentários