Voltar ao topo.Ver em Libras.
Curta no Facebook:
Voltar umAvançar umPausar
Nonoai - RS:
Trindade do Sul - RS:
Três Palmeiras - RS:
Notícias de Nonoai e região em primeira mão
Última atualização:24 de outubro de 2020,
às 16:51

Nonoai e municípios da região ficam em bandeira vermelha no mapa preliminar do Distanciamento Controlado

« Mais recente🔀🛈Categoria:Geral
ImprimirReportar erroTags:estado, mapa, municípios, sul, rio, grande, estão e governo263 palavras4 min. para ler
O Governo do Estado do Rio Grande do Sul publicou o mapa preliminar da 9ª rodada do Distanciamento Controlado, onde metade das regiões do estado estão em cor vermelha, ou seja, isso representa risco alto para transmissão de Coronavírus, ou para o  tratamento das pessoas que foram confirmadas com o vírus. 
Os municípios tem até o domingo para apresentar recurso, e nasegunda-feira será divulgado o mapa definitivo que irá entrar em vigor entre os dias 07 e 13 de julho
O município de Nonoai, Rio dos Índios, Faxinalzinho, Erval Grande estão neste mapa, pertencente para a Regional de Saúde de Erechim entre outros. Na região de Palmeira das Missões, entre os municípios, estão Gramado dos Loureiros, Três Palmeiras, Trindade do Sul, Rondinha e Ronda Alta, entre outros. 
 
Na lista de municípios que poderão adotar os protocolos de Bandeira Laranja, mesmo estando na Bandeira vermelha, o município de Nonoai não aparece. Na nossa microrregião, aparecem nesta lista os municípios de Rio dos Índios, Erval Grande, Faxinalzinho, Entre Rios do Sul, Trindade do Sul, Três Palmeiras e Alpestre. Esse mapa é preliminar, e os municípios poderão apresentar recurso. O estado irá analisar os recursos na segunda-feira. Segundo publicação no site do Governo do Estado, as regiões do mapa em  vermelho representam 73,4% da população gaúcha (8.310.854 habitantes). Na semana passada representavam 46,1% dos gaúchos. 
 
Foto: Site do Governo do estado do Rio Grande do Sul
 
Fonte:
https://estado.rs.gov.br/metade-das-regioes-fica-em-vermelho-no-mapa-preliminar-da-9-rodada-do-distanciamento-controlado
Texto: Vanessa Kannenberg
Edição: Marcelo Flach/Secom