Voltar ao topo.
Curta no Facebook:
Tempo em Nonoai - RS:
Tempo em Trindade do Sul - RS:
Tempo em Três Palmeiras - RS:
CPZ NotíciasNotícias de Nonoai e região em primeira mão
Última atualização:18 de março de 2019,
às 15:09

Governo eleito define perfil técnico para a Secretaria da Fazenda#

« Última» PrimeiraCategoria:Geral
ImprimirReportar erroTags:aposta, empresário, bancada, gestão, suporte, iniciativa, competitivo e brasil214 palavras3 min. para ler
Governo eleito define perfil técnico para a Secretaria da Fazenda - GeralVer imagem ampliada
Eduardo Leite já teria definido sua preferência por nome, que ainda não foi anunciado oficialmente

O próximo secretário da Fazenda do Estado deverá ser um profissional das finanças, mas fora da carreira fazendária e da atividade político-partidária. 

Informações de bastidor dão conta de que, após a recusa do atual secretário da Fazenda do Espírito Santo, Bruno Funchal, o governador eleito Eduardo Leite (PSDB) já teria definido sua preferência pelo nome de quem será o guardião da chave do cofre público dos gaúchos.

"Não é necessariamente um técnico da carreira fazendária, nem é uma pessoa filiada ao partido do governador. O que sabemos é que o nome predileto está definido, embora não tenha sido divulgado”, comentou um representante da equipe de transição nesta terça-feira.

Entre as especulações, destaca-se a aposta no nome de Cláudio Gastal, diretor-executivo do Movimento Brasil Competitivo, iniciativa de suporte à gestão bancada pelo empresário Jorge Gerdau Johannpeter.

Gastal foi recentemente designado por Leite como coordenador técnico da transição entre os governos Leite e José Ivo Sartori. Discreto, Gastal atuou como consultor na transição municipal que conduziu o prefeito Nelson Marchezan Júnior (PSDB) ao Paço Municipal. Seu perfil indica a predileção pela atuação restrita ao gabinete, embora sua qualificação profissional o credencie para a interlocução com o público.

Comentários#