Obs.: a página impressa não é necessariamente idêntica à página exibida na tela.
Voltar ao topo.

DEFREC prende agrônomo condenado pela morte de dois jovens na ERS 324

BertuolAnuncie aquiFarmácia NonoaiChapecarJG siteDatchiRádio Sul FMLanchonete Família VieiraFarmáciaGDR SiteDeltha FinanceiraMessiasSaerBrazeiroJornalBertuolDia do Meio Ambiente Foz do Chapecó2º Racha NonoaiBeckerBecker
« Anterior« Última» Próxima» PrimeiraCategoria:Geral
ImprimirReportar erroTags:regional, estava, madrugada, pinheiro, sichelero, felipe, lara e ribas244 palavras3 min. para ler
DEFREC prende agrônomo condenado pela morte de dois jovens na ERS 324 - GeralVer imagem ampliada
Os agentes da Delegacia Especializada em Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas – DEFREC de Passo Fundo, efetuaram a prisão de um engenheiro agrônomo condenado a 8 anos e oito meses de cadeia pelo crime de duplo homicídio no trânsito. A ação foi coordenada pelo Delegado Diogo Ferreira.

Trata-se do Cassiano Ricardo Sartoretto, de 38 anos. Ele foi capturado no início da tarde desta quinta-feira (08) em sua propriedade rural no interior do município de Gentil.

Sartoretto foi condenado pelo Tribunal do Júri ainda em 2014 a 8 anos de cadeia em regime semiaberto, por ter cometido a morte de dois jovens em fevereiro de 2006 na ERS 324, próximo à entrada para São Miguel.

Naquela ocasião, o acusado dirigia uma caminhonete Nissan Frontier e colidiu na traseira de um VW/Gol, que estava no acostamento da rodovia por falta de combustível, resultando na morte dos jovens João Pedro Ribas Lara, de 17 anos, e Felipe Sichelero Pinheiro, de 19 anos.

Na madrugada do acidente, Cassiano Ricardo Sartoretto foi submetido a exame clínico com os médicos confirmando o estado de embriaguez. Ele foi preso em flagrante, mas depois de alguns dias no presídio foi liberado.

O inquérito policial foi encerrado, sendo o agrônomo indiciado e depois denunciado por duplo homicídio doloso. Em 2014 a sua defesa recorreu da sentença dada pelo Júri, porém o Tribunal de Justiça aumentou a pena em 8 anos e 8 meses com regime fechado.

Após ser levado até a DEFREC, o engenheiro agrônomo foi recolhido ao Presídio Regional de Passo Fundo.

Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Comentários