Voltar ao topo.Ver em Libras.
Curta no Facebook:
Voltar umAvançar umPausar
Nonoai - RS:
Trindade do Sul - RS:
Três Palmeiras - RS:
Notícias de Nonoai e região em primeira mão
Última atualização:24 de outubro de 2020,
às 17:01

Covid-19: Quatro regiões do estado do RS migram para a bandeira vermelha, de acordo com o distanciamento controlado

« Mais recente🔀🛈Categoria:Geral
ImprimirReportar erroTags:bandeira, estado, número, duas, sul, últimas, vermelha e covid527 palavras8 min. para ler
 
O Governo do Estado do Rio Grande do Sul está vigilante para colocar em ação medidas de contenção ao novo Coronavírus. O modelo de Distanciamento Controlado em vigor está deixando a população sob alerta, para que todos tenham os cuidados básicos para tentar evitar o contato com o vírus e não agravar a capacidade de atendimento do sistema de saúde. 
 
Neste sábadodia 13 de junho, foi divulgado o novo mapa, onde apareceu a bandeira vermelha em quatro regiões: Caxias doSul, Santo Ângelo, Santa Maria e Uruguaiana. De acordo com a publicação do Governo do estado, nestas regiões apontam para maior velocidade no contágio e menor disponibilidade em hospitais para o atendimento. Em  pronunciamento em rede social, o Governador Eduardo Leite, enfatiza que  é preciso implementar medidas para que futuramente não venha ocorrer um possível colapso no sistema de saúde. Acrescenta que as pessoas precisam se cuidar para evitar  o progresso da doença, e se caso necessário, novas medidas de contenção serão adotadas. 
A região de Bagé passou a bandeira Amarela para a Laranja e a região de Santa Cruz passou  a  bandeira Laranja para a Amarela. 
 
A publicação no site do Governo do estado ainda traz os Principais dados desta rodada,  que foram levados em consideração para definir por este  novo mapa, sendo  então:
O número de novos registros de hospitalizações SRAG de confirmados com Covid-19 aumentou 32,8% entre as duas últimas semanas (de 241 para 320);
?O número de internados em UTI por SRAG aumentou 30,4% entre as duas últimas sextas-feiras (de 280 para 365);
?O número de internados em leitos clínicos com Covid-19 aumentou 13,8% entre as duas últimas sextas-feiras (de 224 para 255);
?O número de internados em leitos de UTI com Covid-19 aumentou 35,7% entre as duas últimas sextas-feiras (de 171 para 232);
?O número de leitos de UTI adulto livres para atender Covid-19 aumentou 8,3% entre as duas últimas sextas-feiras (de 542 para 587);
?O número de óbitos por Covid-19 reduziu 10,7% entre as duas últimas semanas (de 56 para 50);
?As regiões com maior número de novos registros de hospitalizações nos últimos sete dias, por local de residência do paciente, são Porto Alegre (89), Caxias do Sul (63), Passo Fundo (26), Novo Hamburgo (24) e Santa Maria (21).-Fonte: ( Site do Governo do Estado do Rio Grande do Sul ( Texto: Suzy Scarton
Edição: Marcelo Flach/Secom)https://estado.rs.gov.br/caxias-do-sul-santo-angelo-santa-maria-e-uruguaiana-registram-piora-e-ficam-na-bandeira-vermelha-na-sexta-rodada.
 
Em consonância com a bandeira vermelha, que passa a ter vigência a partir segunda-feira, o  funcionamento do comércio terá alterações, com mais restrições. De acordo com o novo modelo adotado pelo Governo do Estado, essas regiões, com a Bandeira vermelha precisarão  no mínimo de duas semanas para voltarem para abandeira laranja ouamarela, se obter a melhora esperada no índices. 
Nas regiões de Bandeira Vermelha só poderão funcionar os comércios considerados essenciais. 
 
Fonte: Site do Estado do Rio Grande do Sul
Texto: Suzy Scarton
Edição: Marcelo Flach/Secom
https://estado.rs.gov.br/caxias-do-sul-santo-angelo-santa-maria-e-uruguaiana-registram-piora-e-ficam-na-bandeira-vermelha-na-sexta-rodada