Obs.: a página impressa não é necessariamente idêntica à página exibida na tela.
Voltar ao topo.

Chuva e rajadas de vento causaram o destelhamento em Nonoai

AnteriorPróximo
BertuolAnuncie aquibeckerChapecarCapas e CapasJG siteDatchiRádio Sul FMLanchonete Família VieiraFarmáciaGDR SiteDeltha FinanceiraMessiasSaerBrazeiroJornalBertuolDia do Meio Ambiente Foz do Chapecó2º Racha NonoaiBecker
« Anterior« Última» Próxima» PrimeiraCategoria:Geral
ImprimirReportar erroTags:norte, precipitação, alerta, emitiu, atingir, mês, gaucha e rbs227 palavras3 min. para ler
Chuva e rajadas de vento causaram o destelhamento em Nonoai - GeralVer imagem ampliada
O mês de outubro veio com surpresas para alguns moradores de Nonoai. Na quarta-feira, dia 05 de outubro, por volta das 17h15min, ocorreu um principio de temporal, com chuva, queda de granizo e rajadas de vento. As pedras não eram muito grandes, que não causaram prejuízos. Enquanto isso o vento forte destelhou parte de algumas casas. Na região de Rio dos Índios também foram registrados estragos. 




Na região de Frederico Westphalen a chuva também trouxe transtornos e preocupação aos moradores. 
Na região de Erechim também ocorreu estragos, mas dessa vez com a chuva de granizo.


Conforme  site Clic RBS / Gaucha
A Defesa Civil emitiu um alerta para a possibilidade de temporais isolados em pontos do Rio Grande do Sul entre esta quarta-feira (5) e quinta-feira (6). O fenômeno, chamado de vórtice ciclônico, gera nuvens pesadas de chuva e pode ocasionar alagamentos e inundações.

Os meteorologistas da Defesa Civil indicam que o fenômeno não será intenso, mesmo assim, mantêm monitoramento constante. Em partes da Região Central, a precipitação pode atingir os 60 milímetros. No Noroeste, o município de Tuparendi registrou queda de granizo nesta tarde, mas sem relatos de danos.

Em Crissiumal, os bombeiros confirmam que algumas casas foram destelhadas. Outros municípios como Porto Lucena, Vacaria e Farroupilha também registraram granizo. 

Na quinta-feira, há possibilidade de chuva forte na parte mais alta da Serra e no Litoral Norte.


Ver imagem ampliadaVer imagem ampliadaVer imagem ampliadaVer imagem ampliadaVer imagem ampliada
Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Comentários

AnteriorPróximo