Obs.: a página impressa não é necessariamente idêntica à página exibida na tela.
Voltar ao topo.

Cerca de 10 bairros registraram alagamentos em Chapecó

BertuolAnuncie aquiFarmácia NonoaiChapecarJG siteDatchiRádio Sul FMLanchonete Família VieiraFarmáciaGDR SiteDeltha FinanceiraMessiasSaerBrazeiroJornalBertuolDia do Meio Ambiente Foz do Chapecó2º Racha NonoaiBeckerBecker
« Anterior« Última» Próxima» PrimeiraCategoria:Geral
ImprimirReportar erroTags:telefone, ainda, tubulação, conseguiu, dar, vazão, quantidade e atingindo291 palavras4 min. para ler
Cerca de 10 bairros registraram alagamentos em Chapecó - GeralVer imagem ampliada
Diversos pontos de alagamentos foram registrados com a chuva torrencial que caiu em Chapecó no início da tarde desta segunda-feira (15). 
Bueiros e córregos não suportaram o grande volume de chuva registrado em pouco tempo e acabaram transbordando. A água acumulou nas ruas, avenidas e em alguns casos invadiu estabelecimentos comerciais e residências. De acordo com o Secretário de Obras e Infraestrutura de Chapecó, Ivaldo Pizzinatto, em aproximadamente 1h30min choveram cerca de 65mm.
O Corpo de Bombeiros recebeu diversos chamados de auxílios, principalmente na região dos bairros São Pedro e Alvorada, onde o grande volume de água deixou os moradores em alerta. Segundo os Bombeiros, não houve residências atingidas nestes locais.
Em nota, a Prefeitura Municipal de Chapecó, informou que foram registrados pontos de alagamento em aproximadamente 10 bairros do Município. Os mais atingidos foram: Centro, Maria Goretti, Pinheirinho, Passo dos Fortes, Líder e Eldorado.

Devido ao grande volume de chuva em pouco tempo, o Rio Passo dos Índios transbordou, represando água em parte da Rua Mato Grosso. Nos demais locais, a tubulação não conseguiu dar vazão a grande quantidade de chuva, atingindo outras ruas de Chapecó.

Ainda conforme a Prefeitura, as equipes das Secretarias foram acionadas e com auxílio de máquinas realizaram a desobstrução de bocas de lobo, tubulações e também a limpeza das ruas atingidas. Foram distribuídos cerca de 130 metros de lona para atender as demandas. Não houve registro de famílias desabrigadas ou desalojadas.

ORIENTAÇÃO: A Administração reforça a orientação da destinação correta do lixo, já que em muitos pontos os resíduos potencializaram o acumulo de água.

Em casos de emergência a população deve evitar o contato com  água, não dirigir em áreas alagadas, procurar abrigo em local seguro e entrar em contato com a Defesa Civil Municipal pelo telefone 199

Fonte:Clic RDC
Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Comentários