Obs.: a página impressa não é necessariamente idêntica à página exibida na tela.
Item adicionado ao pedido! E agora?
Permanecer na página atualIr para a tela de finalização do pedido
Voltar ao topo.

Casal é resgatado com vida 36 horas depois de cair em ribanceira em Joinville

AnteriorPróximo
Bertuol Supermercados9yAnuncie aquiChapecarJG siteDatchiDeltha FinanceiraCapas e CapasRádio Sul FMBarbieroLanchonete Família VieiraFarmáciaGDR SiteSaerBrazeiroJornalBertuol2º Racha Nonoai
« Última» PrimeiraCategoria:Geral
ImprimirReportar erroTags:g1, resgate, história, tido, desfecho, sandro, comandante e grupo458 palavras6 min. para ler
Casal é resgatado com vida 36 horas depois de cair em ribanceira em Joinville - GeralVer imagem ampliada
Eles sofreram queda de barranco de 200 metros e ficaram mais de um dia sem água e comida. 

Um casal foi resgatado por volta das 10h desta segunda-feira (8) de uma ribanceira no km 16.700 da SC-418 em Joinville, no Norte catarinense, mais de 36 horas depois da queda da caminhonete em que estavam na primeira curva da rodovia. O acidente ocorreu na Serra Dona Francisca por volta das 22h de sábado (6), de acordo com a Polícia Militar Rodoviária (PMRv). 


Conforme os socorristas, o local da queda tem cerca de 200 metros de barranco e não tem visibilidade da pista. Sem sinal de celular, o casal não conseguiu pedir ajuda e permaneceu no local sem água nem comida. 

Na noite de domingo (7), um filho do casal que estranhou o fato de eles não terem retornado para casa decidiu refazer o percurso dos pais pela rodovia. Neste ponto da Serra Dona Francisca, segundo a PMRv, onde são comuns acidentes de trânsito, o rapaz resolveu chamar pelo nome do pai, que respondeu. 

Então, ele acionou a PMRv, que enviou um policial ao local. “A senhora estava dentro da caminhonete com sinais de um princípio de hipotermia, com suspeita de uma fratura na perna e o marido dela também estava gelado. Ele até tentou subir o barranco, mas por se tratar de um local muito íngreme, teve que desistir e aguardar por ajuda junto da esposa. Só por Deus que tudo deu certo de o senhor ouvir o chamado do filho. O lugar em que eles estavam fica 100 metros acima de um rio, então a história poderia ter tido outro desfecho“, relatou o sargento Sandro Moecke, comandante do 4º Grupo da PMRv. 

Os bombeiros voluntários de Joinville auxiliaram no resgate e as vítimas foram retiradas do barranco com ajuda da equipe do helicóptero Águia da Polícia Militar. “O senhor contou que não viu a curva, pode ter se distraído e passado direto“, relatou o sargento. 

Conforme Moecke, o casal vinha de Campo Alegre em direção a Joinville, onde reside. Após a queda, a caminhonete ficou com o teto achatado, pois possivelmente capotou, conforme a PMRv. Ao chegarem ao local, os policiais retiraram a camisa da farda para aquecer a mulher que sentia muito frio. 

Apesar das suspeitas de fraturas e do frio, o casal estava consciente e foi encaminhado ao Hospital Municipal São José. Os dois estão em condição estável, conforme os policiais. 

Na mesma SC-418, no km 89, ocorreu a maior tragédia rodoviária de Santa Catarina, segundo o governo do estado. O acidente aconteceu no km 89 da SC-418 no fim da tarde de 14 de março de 2015. O motorista do ônibus, com placas de União da Vitória (PR), teria perdido o controle do veículo em uma curva. A ocorrência resultou na morte de 51 pessoas . 

Fonte: G1

Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Comentários

AnteriorPróximo