Voltar ao topo.
Curta no Facebook:
Tempo em Nonoai - RS:
Tempo em Trindade do Sul - RS:
Tempo em Três Palmeiras - RS:
CPZ NotíciasNotícias de Nonoai e região em primeira mão
Última atualização:13 de novembro de 2018,
às 20:29

Casa de dois andares desaba em Concórdia após solo encharcado se mover

« Anterior« Última» Próxima» PrimeiraCategoria:Geral
ImprimirReportar erroTags:g1, desabrigadas, moradores, residências, familiares, amigos, fazia e levantamento336 palavras5 min. para ler
Casa de dois andares desaba em Concórdia após solo encharcado se mover - GeralVer imagem ampliada
Massa de terra está em movimento`, conforme Defesa Civil municipal. Outras casas, já interditadas, também estão em risco. 

Parte de uma casa desabou em Concórdia, no Oeste catarinense, na noite de quinta-feira (8). Segundo a Defesa Civil municipal, a residência é uma de 18 interditadas desde a semana passada por estarem em risco. Ninguém se feriu. Na noite de terça (6), um prédio em construção também desabou na mesma área. 

“A gente está acompanhando e essa massa está lentamente se deslocando. De quinta para esta sexta foram 5 centímetros e continua se movendo. Pode ocorrer o mesmo com as outras casas em curto espaço de tempo porque estão em situação de risco iminente, toda essa massa de terra esta encostada nelas”, alerta Alcemir Toldo, integrante da Defesa Civil de Concórdia. 

Segundo ele, o desmoronamento do barranco que está encharcado provocou o desbamento da casa de dois pisos às 21h30 de quinta-feira na rua Horácio Sandi, no bairro Parque de Exposição. Parte das paredes da residência estava de pé na manhã desta sexta, mas “deve despedaçar durante o dia”, conforme Toldo. 

A casa pertence a um casal de idosos que está com parentes. Os moradores das outras 17 residências interditadas também estão na casa de familiares e amigos. 

Na manhã desta sexta, a Defesa Civil fazia o levantamento de quantas pessoas estão desabrigadas e desalojadas em Concórdia. 

Conforme a Defesa Civil municipal, os primeiros problemas foram registrados na área há nove dias, com rachaduras em algumas casas. Desde então, as famílias foram removidas. 

No sábado (3), uma equipe de geógrafo, engenheiro geotécnico e dois geólogos destiveram no local avaliando o início do deslizamento de terra. 

Vendaval e chuva em SC 

Pelo menos 97 municípios registraram problemas em decorrência da chuva e de vendavais em Santa Catarina. Segundo a Secretaria de Estado da Defesa Civil, até a manhã desta sexta-feira (9) pelo menos 31.729 pessoas tinham sido afetadas de alguma maneira desde 26 de maio. 

De acordo com o último relatório divulgado, são 21.631 desalojados e 2.667 pessoas em abrigos públicos. Ao menos 9.163 tiveram problemas. 


Fonte: G1

Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Comentários