Obs.: a página impressa não é necessariamente idêntica à página exibida na tela.
Voltar ao topo.

Após forte manifestação popular, Lula desiste de ato em Passo Fundo

AnteriorPróximo
BertuolAnuncie aquibeckerChapecarCapas e CapasJG siteDatchiRádio Sul FMLanchonete Família VieiraFarmáciaGDR SiteDeltha FinanceiraMessiasSaerBrazeiroJornalBertuolDia do Meio Ambiente Foz do Chapecó2º Racha NonoaiBecker
« Anterior« Última» Próxima» PrimeiraCategoria:Geral
ImprimirReportar erroTags:entrar, povo, rapidamente, microfones, afirmou, viria, notícia e ronda322 palavras4 min. para ler
Após forte manifestação popular, Lula desiste de ato em Passo Fundo - GeralVer imagem ampliada
A sexta-feira foi de tensão e manifestos em Passo Fundo, por conta da agenda do ex-presidente Lula na cidade. A caravana que percorre o Brasil enfrentou protestos em várias cidades gaúchas, em outras foi recebido de braços abertos, mas em Passo Fundo um levante inédito no Estado, em grandes proporções, impediu o ato do ex-presidente, que está acompanhado em sua caminhada pela ex-presidente Dilma Roussef.A medida em que a caravana chegava, com seus ônibus, mais próxima de Passo Fundo, a situação foi se complicando, com agricultores trancando a rodovia. A Brigada Militar agiu para desbloquear a rodovia, usando gás lacrimogênio e o pelotão de choque. Os agricultores responderam queimando pneus e trancando a pista com tratores. A manobra retardou muito a passagem da caravana, que se quer conseguiu chegar a Passo Fundo, ficando entre a cidade e Pontão. Enquanto a caravana ficava parada, grupos contrários mantiveram a Universidade Federal Fronteira Sul (UFFS) bloqueada.

 
O local foi cogitado como primeiro ponto que receberia o ato público na cidade. Durante a manhã, ainda em Ronda Alta, Lula disse rapidamente nos microfones da Uirapuru e afirmou que viria a Passo Fundo para falar ao povo na universidade. A notícia fez aumentar o número de manifestantes contrários ao ex-presidente no local.
 
O segundo ponto, este confirmado, a Avenida Brasil com Bento Gonçalves, chamada de Esquina Democrática, concentrou a maioria dos manifestantes favoráveis a Lula. O local também registrou confusão, bate boca e empurrões entre contrários e favoráveis, mas nenhum ferido. A cada minuto a equipe de repórteres da Uirapuru informava tudo, como estava a caravana, o centro e a UFFS. A UFFS os manifestantes deixavam claro que não queriam Lula na cidade. Cavaleiros e manifestantes usando a bandeira do Rio Grande do Sul chamavam os gaúchos para iniciar um levante contra a corrupção.
 Pr vlta das 16 horas, em emio a protestos a comitiva definiu por não entrar em Passo Fundo. 

Fonte:Radio Uirapuru
Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Comentários

AnteriorPróximo