Obs.: a página impressa não é necessariamente idêntica à página exibida na tela.
Voltar ao topo.

Professores estaduais aprovam greve a partir do dia 15 de março

BertuolAnuncie aquiFarmácia NonoaiChapecarJG siteDatchiRádio Sul FMLanchonete Família VieiraFarmáciaGDR SiteDeltha FinanceiraMessiasSaerBrazeiroJornalBertuolDia do Meio Ambiente Foz do Chapecó2º Racha NonoaiBeckerBecker
« Anterior« Última» Próxima» PrimeiraCategoria:Eventos
ImprimirReportar erroTags:gaucha, schürer, governos, medidas, pacotes, motivos, principais e salarial163 palavras2 min. para ler
Professores estaduais aprovam greve a partir do dia 15 de março - EventosVer imagem ampliada
Movimento é adesão à greve nacional convocada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação

Os professores da rede estadual aprovaram, na tarde desta quarta-feira (8), greve por tempo indeterminado a partir do dia 15 de março. A assembleia geral da categoria foi realizada no Ginásio Gigantinho, em Porto Alegre.

O movimento é adesão à greve nacional convocada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE). Outros estados também já aprovaram paralisação.

“É mais fácil hoje a nossa categoria fazer greve se for acompanhando todo o Brasil. Isso te fortalece para iniciar a briga”, disse a presidente do Cpers, Helenir Schürer. 

Além da questão salarial, entre os principais motivos do movimento estão os pacotes de medidas dos governos Temer e Sartori, e as reformas da Previdência, trabalhista e do Ensino Médio.

Por volta das 16h, os professores iniciaram uma caminhada em direção à Esquina Democrática, no Centro de Porto Alegre. De lá, o grupo deve seguir até o Palácio Piratini, na Praça da Matriz.

Gaucha 

Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Comentários