Voltar ao topo.
Curta no Facebook:
Tempo em Nonoai - RS:
Tempo em Trindade do Sul - RS:
Tempo em Três Palmeiras - RS:
CPZ NotíciasNotícias de Nonoai e região em primeira mão
Última atualização:16 de novembro de 2018,
às 04:09

França vence Croácia e é bicampeã do mundo

« Anterior« Última» Próxima» PrimeiraCategoria:Esporte
ImprimirReportar erroTags:local, defensor, alterado, francês, lançou, linha, fundo e cruzou525 palavras8 min. para ler
França vence Croácia e é bicampeã do mundo - EsporteVer imagem ampliada
Em jogo de seis gols, Mbappé e Griezmann lideraram seleção francesa rumo ao título

Com uma goleada de 4 a 2 sobre a Croácia, a França conquistou neste domingo a sua segunda Copa do Mundo, no Estádio Luzhinik, em Moscou. Os Bleus já haviam conquistado a taça em 1998, quando sediaram a competição. O título também registrou um novo recorde: o treinador Didier Deschamps alcançou um feito que apenas o brasileiro Zagallo e o alemão Franz Beckenbauer haviam conseguido: ganhar a Copa do Mundo como jogador e como treinador. Aos croatas, que chegaram a sua primeira decisão, restou o orgulho de ter feito um Mundial quase perfeito.

Vindo de três jogos em que tiveram de disputar a prorrogação, a Croácia não demonstrou estar cansada no começo da partida. E até teve o domínio das ações, mas sem ameaçar o goleiro Lloris.

Até que aos 17 minutos, na primeira chegada francesa, saiu o primeiro gol. Griezmann cobrou falta pelo lado direito e ao tentar afastar, o centroavante Mandzukic cabeceou contra as próprias redes. Gol contra e França 1 a 0. Esta foi a Copa do Mundo com mais gols contra em toda a história: 12, superando os seis marcados em 1998.

Mesmo atrás no placar, a equipe eslava não se assustou e conseguiu empatar aos 27 minutos, em bela jogada de Perisic, que chutou forte da entrada da área, acertando o canto esquerdo de Llloris.

Mas a França voltaria a ficar na frente aos 37 minutos. A bola bateu na mão de Perisic, e o árbitro argentino Nestor Pitana recorreu ao VAR para anotar o pênalti. Griezmann cobrou, deslocou Subasic e fez 2 a 1.

Apesar da vantagem francesa, o primeiro tempo terminou equilibrado. Porém este fator seria alterado no segundo tempo. Aos 13 minutos, saiu o terceiro gol francês. Pogba lançou Mbappé, que foi à linha de fundo e cruzou, para Griezmann, que dominou e ajeitou para Pogba. O volante chutou, a bola bateu num defensor e voltou para ele, que de esquerda, acertou o canto direito de Subasic, que apenas olhou a bola ir para as redes: 3 a 1.

A França começou a visualizar a taça aos 19 minutos, quando chegou ao seu quarto gol, através de Mbappé, que recebeu de Hernández na entrada da área, e bateu forte, no canto. Mais uma vez o goleiro croata não esboçou reação: 4 a 1.

Aos 23 minutos, a Croácia ainda anotou o segundo gol, em falha bisonha de Lloris, que tentou driblar Mandzukic na pequena área. O atacante croata, porém, colocou o pé na bola e ela foi para as redes: 4 a 2. Porém os croatas não tiveram mais forças para tentar marcar mais gols, e ainda ficaram sofrendo a ameaça dos contra-ataques.

No final, a França pode comemorar o seu bicampeonato e manter o grupo de campeões mundias intocado: Brasil, cinco títulos; Alemanha e Itália, quatro, Uruguai e Argentina, duas conquistas, e Espanha e Inglaterra, uma taça.

Copa do Mundo 2018 

França: Lloris; Pavard, Varane, Umtiti e Lucas Hernández; Kanté (N`zonzi), Pogba, Matuidi (Tolisso) e Mbappé; Griezmann e Giroud (Fekir). Técnico: Didier Deschamps.

Croácia: Subasic; Vrsaljko, Lovren, Vida e Strinic (Pjaca); Brozovic, Rakitic, Modric e Perisic; Mandzukic e Rebic (Kramaric). Técnico: Zlatko Dalic.

Árbitro: Nestor Pitana (Argentina).

Local: Estádio Luzhinik, em Moscou.

Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Comentários