Obs.: a página impressa não é necessariamente idêntica à página exibida na tela.
Item adicionado ao pedido! E agora?
Permanecer na página atualIr para a tela de finalização do pedido
Voltar ao topo.

Com Arena Condá aberta, procissão e vigília devem marcar primeiro ano do acidente da Chapecoense

AnteriorPróximo
Bertuol Supermercados9yAnuncie aquiChapecarJG siteDatchiRádio Sul FMBarbieroLanchonete Família VieiraFarmáciaGDR SiteVidraçariaBrazeiroJornalBertuol2º Racha Nonoai
« Última» PrimeiraCategoria:Esporte
ImprimirReportar erroTags:concluída, deixam, estádio, adversárias, equipes, acesso, missa e imagens181 palavras2 min. para ler
Com Arena Condá aberta, procissão e vigília devem marcar primeiro ano do acidente da Chapecoense - EsporteVer imagem ampliada
Torcedores deixam homenagens a jogadores da Chapecoense na Arena Condá 

 

 

Foto: Vinicius Farfus/RBS

 

 

Homenagens e orações às vítimas do acidente de avião com o time da Chapecoense estão ocorrendo nesta semana em Chapecó. Na tragédia, ocorrida na madrugada de 29 de novembro de 2016, morreram 71 pessoas, entre atletas e dirigentes do clube.

A Arena Condá está aberta o dia todo para quem quiser prestar homenagens. No acesso das equipes adversárias ao estádio, haverá plotagens com imagens de momentos do time, conforme o clube.

À meia-noite haverá um momento de oração na Arena Condá. Depois está prevista uma procissão luminosa até a catedral do município. Lá será realizada oração conclusiva e, à 1h15, tocarão os sinos. Na sequência, deverá ser iniciada uma vigília, concluída com missa de um ano do acidente no dia 29, às 18h30.

A Barra da Chape, torcida organizada da Chapecoense, deverá também prestar homenagens nesta terça. A concentração está marcada para das 20 horas, em frente à Catedral Santo Antônio. De lá haverá caminhada até a Arena Condá, onde os torcedores permanecerão em vigília.


Do G1/SC via Oeste Mais

Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Comentários

AnteriorPróximo