Voltar ao topo.
Curta no Facebook:
Tempo em Nonoai - RS:
Tempo em Trindade do Sul - RS:
Tempo em Três Palmeiras - RS:
CPZ NotíciasNotícias de Nonoai e região em primeira mão
Última atualização:19 de novembro de 2018,
às 15:59

“A arbitragem foi decisiva”, lamenta Odair Hellmann após derrota para o Palmeiras

« Anterior« Última» Próxima» PrimeiraCategoria:Esporte
ImprimirReportar erroTags:rio, lances, arrumando, estou, pensamos, acertado, pensar e fizemos393 palavras5 min. para ler
“A arbitragem foi decisiva”, lamenta Odair Hellmann após derrota para o Palmeiras - EsporteVer imagem ampliada
Treinador explicou ainda a opção por manter D’Alessandro no banco no Pacaembu

O técnico Odair Hellmann gostou do desempenho do Inter na derrota, por 1 a 0, para o Palmeiras, neste domingo, no Pacaembu. Porém, lamentou e admitiu que “dói” muito retornar de São Paulo para Porto Alegre sem nenhum ponto, principalmente, pelos erros do árbitro Marcelo de Lima Henrique ao não marcar um pênalti em Nico López, no primeiro tempo, e anular o gol de Leandro Damião no segundo.

“Fiquei satisfeito com o desempenho e não fiquei feliz com o resultado. Merecíamos sair daqui, no mínimo, com um empate por tudo que produzimos no campo. Mas fomos prejudicados em lances capitais, o que nos deixa muito tristes. Fazer um jogo como fizemos. Pensar a partida como pensamos. Não estou arrumando desculpa, mas pontuando essa situação e dizer que é muito dolorido fazer um jogo de igual para igual com o Palmeiras, fora de casa, e sair sem, no mínimo, um empate”, lamentou o treinador.

Para Hellmann, o jogo é o segundo na sequência que ocorrem erros de arbitragem contra o Inter. O primeiro foi contra o Vitória, na última quinta-feira, no Barradão. “Vir de uma derrota e desclassificação e conseguir enfrentar um dos principais clubes do Brasil em termos de qualidade, não de tamanho, pois o nosso é igual ou maior, um time que é considerado um dos favoritos para o título do Brasileiro e sair sem um empate dói muito. A arbitragem foi decisiva no resultado do jogo”, avaliou o técnico.

Odair ainda revelou porque optou por manter o capitão D’Alessandro no banco contra “um dos favoritos ao título”. “Conversei com o D’Alessandro e está tudo acertado. Quando ele tiver uma sequência maior, vamos usar essa situação. Na (preservação) de hoje, ele vinha de uma série de três jogos e ainda com um desconforto no adutor. Por isso, o recuperamos e o tratamos para que pudesse entrar com 20 ou 25 minutos do segundo tempo e nos ajudar. Mudar a partida. Criar mais, como conseguimos durante o jogo”, afirmou Hellmann.

O grupo do Inter folga na segunda-feira. O grupo se reapresenta na terça-feira, às 16h, no Centro de Treinamentos do Parque Gigante para iniciar os treinamentos visando o confronto contra o Cruzeiro. O jogo contra os mineiros está marcado para o próximo domingo, às 19h, no estádio Beira-Rio.

Fonte:Correio do Povo
Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Comentários