Atenção!A página impressa é diferente da página exibida na tela do computador.
Feito!
Erro!

Local do acidente é rebatizado e passa a se chamar “Cerro Chapecoense“

Voltar ↖Seguir ↘
Bertuol SupermercadosAnuncie aquiChapecarJG siteDatchiMossi Viagens e TurismoRádio Sul FMFarmáciaLanchonete Família VieiraShalon siteGDR SiteVidraçariaTissiani TelasJornal2º Racha Nonoai
« Última» PrimeiraCategoria:Geral
ImprimirReportar erroTags:esporte, alguma, ocorreu, luis, pérez, antióquia, condecorados e condecorar427 palavras6 min. para ler
Local do acidente é rebatizado e passa a se chamar “Cerro Chapecoense“ - Geral
Ver imagem ampliada
Município de La Unión publica acordo que permite mudança de nome da montanha em que avião da LaMia se chocou. “Vai ficar para toda a história“, diz governador




Cerro El Gordo passa a se chamar Cerro Chapecoense em tributo às vítimas (Foto: Vicente Seda)


Como forma de eternizar as 71 vítimas fatais do acidente do voo com a Chapecoense, o município de La Unión, na Colômbia, publicou nesta quinta-feira um acordo decretando a mudança do nome da montanha em que o avião se chocou. Cerro El Gordo, a partir de agora, passa a se chamar Cerro Chapecoense. A informação é do jornal “El Colombiano“.


O acordo 020 do pequeno município próximo a Medellín nada mais é que uma homenagem aos jogadores, pessoas da comissão técnica e diretoria da Chape, além de jornalistas e membros da tripulação que morreram na tragédia ocorrida na madrugada do dia 29 de novembro.








- Mudamos o nome de Cerro El Gordo a Cerro Chapecoense. Vai ficar para toda a história. Faremos uma homenagem nessa montanha a todos os que morreram tragicamente. E que seja também um local de visitação, um local para os turistas que queiram ver onde o acidente ocorreu - disse Luis Pérez, governador da Antióquia.


Colombianos condecorados


O governo brasileiro vai condecorar os colombianos que tiveram alguma participação no resgate das vítimas do acidente. A informação foi divulgada em um comunicado oficial do Itamaraty nesta quinta-feira. Confira:


 


“O governo brasileiro condecorará, nesta sexta-feira, 16 de dezembro, cidadãos colombianos em reconhecimento à atuação no resgate das vítimas do acidente com o avião que transportava a delegação da Associação Chapecoense de Futebol e jornalistas. Serão concedidas a Ordem do Mérito da Defesa e a Ordem de Rio Branco. O presidente Michel Temer e os ministros Raul Jungmann (Defesa) e José Serra (Relações Exteriores) estarão presentes na cerimônia. O prefeito de Chapecó, Luciano Buligon, também será condecorado com a Ordem de Rio Branco, e a cidade de Medellín receberá a insígnia da Ordem do Cruzeiro do Sul.


        


A Ordem do Mérito da Defesa é concedida a personalidades civis e militares que prestaram relevantes serviços às Forças Armadas. A Ordem de Rio Branco é concedida a brasileiros e estrangeiros em reconhecimento a serviços prestados ao Brasil. A cerimônia acontecerá às 16h00 de sexta-feira, 16 de dezembro, no Salão Oeste do Palácio do Planalto.“


Fonte: Globo Esporte 

Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarPin it

Comentários

Voltar ↖Seguir ↘