Atenção!A página impressa é diferente da página exibida na tela do computador.
Feito!
Erro!

Hospital Comunitário de Nonoai poderá ser beneficiado na consulta popular

Voltar ↖Seguir ↘
Bertuol SupermercadosAnuncie aquiChapecarJG siteDatchiMossi Viagens e TurismoRádio Sul FMFarmáciaLanchonete Família VieiraShalon siteGDR SiteVidraçariaTissiani TelasJornal2º Racha Nonoai
« Última» PrimeiraCategoria:Geral
ImprimirReportar erroTags:sul, regionalização, melhoramento, estradas, vicinais, rio, instituiu e atenção314 palavras5 min. para ler
Hospital Comunitário de Nonoai poderá ser beneficiado na consulta popular - Geral
Ver imagem ampliada
Hoje é o último dia para a votação da consulta popular, que ocorre pela internet. A população pode escolher as demandas que poderão ser destinados recursos para o orçamento em 2017.

Conforme o administrador do Hospital Comunitário de Nonoai, Rafael Barboza, a opção número 9, se ficar entre as três primeiras colocadas, poderá destinar recursos para a área da saúde, e essa então será dividida entre três hospitais, de Nonoai, Rodeio Bonito e Frederico Westphalen.

Para votar é necessário ter o título de eleitor.

Vote pelo site: Vota RS

Consulta Popular

Programas – Médio Alto Uruguai

1 – DESENVOLVIMENTO RURAL – Apoio ao desenvolvimento da produção leiteira e da pecuária familiar.

2 – DESENVOLVIMENTO RURAL – Apoio à agroindústria familiar.

3 – AGRICULTURA – Apoio à cadeia produtiva do leite e da pecuária de corte.

4 – AGRICULTURA – Correção, recuperação e manutenção do solo.

5 – DESENVOLVIMENTO RURAL – Desenvolvimento integrado da pesca artesanal e da aquicultura.

6 – DESENVOLVIMENTO RURAL – Apoio ao desenvolvimento da agricultura familiar.

7 – DESENVOLVIMENTO RURAL – Apoio e ampliação da infraestrutura rural.

8 – MINAS E ENERGIA – Redes elétricas trifásicas para a agricultura familiar.

9 – SAÚDE – Qualificação e financiamento da rede de atenção. Consolidando a Regionalização da Saúde.

10 – AGRICULTURA – Melhoramento de estradas vicinais.

O que é?

Desde 1998 o Estado do Rio Grande do Sul instituiu, através da Lei nº 11.179, que a população define diretamente parte dos investimentos e serviços que constarão no orçamento do Estado. Esse processo foi denominado de Consulta Popular.

Anualmente o Governo do Estado fixa o valor submetido à deliberação da população. Este valor é distribuído entre as 28 Regiões do Estado, de acordo critérios como a população de cada região e o Índice de Desenvolvimento Socioeconômico (IDESE).

Definido o valor para cada região, o governo e os Conselhos Regionais de Desenvolvimento (COREDES) organizam o processo de discussão em Audiências Públicas Regionais, Assembleias Municipais e Fóruns Regionais. Nos encontros, é construída uma cédula de votação regional, que é submetida aos eleitores gaúchos em um dia de votação da Consulta Popular.

Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarPin it

Comentários

Voltar ↖Seguir ↘