Atenção!A página impressa é diferente da página exibida na tela do computador.
Feito!
Erro!

Exportação de carne brasileira desaba após operação da Polícia Federal

Voltar ↖Seguir ↘
Bertuol SupermercadosAnuncie aquiChapecarJG siteDatchiMossi Viagens e TurismoRádio Sul FMFarmáciaLanchonete Família VieiraShalon siteGDR SiteVidraçariaTissiani TelasJornal2º Racha Nonoai
« Última» PrimeiraCategoria:Geral
ImprimirReportar erroTags:g1, pasta, médio, federal, polícia, alguns, produto e brasileiros233 palavras3 min. para ler
Exportação de carne brasileira desaba após operação da Polícia Federal - Geral
Ver imagem ampliada
Na terça (21), Brasil exportou US$ 74 mil em carnes. Antes da Carne Fraca, média diária, no mês de março, estava em US$ 60 milhões. Ministro falou em sinais de prejuízo para o setor.



Dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) apontam para uma queda brusca nas exportações de carne brasileira desde a deflagração da Operação Carne Fraca. De acordo com a pasta, o Brasil exportou US$ 74 mil do produto na terça-feira (21). Antes da operação da Polícia Federal, o valor médio das exportações em março, por dia útil, foi bem maior: US$ 60 milhões.


Na segunda (20), o valor das exportações de carne foi de US$ 60,5 milhões. Na sexta (17), dia em que a operação da PF foi deflagrada, foi de US$ 53,9 milhões. De acordo com o ministério, ao longo do mês de março, antes da operação, o valor diário das exportações variou de US$ 39 milhões a US$ 90 milhões.

Também nesta quarta-feira (22), o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, admitiu que já há sinais de prejuízo no mercado de carnes por causa da Operação Carne Fraca.

Segundo ele, alguns frigoríficos brasileiros já deixaram de comprar bovinos de produtores devido a incertezas sobre a possibilidade de venda para o mercado externo.

“Eu conversei ontem bastante com produtores e têm sinais sim [de prejuízo]. Os frigoríficos, com a incerteza com relação à China e União Europeia, pararam de comprar bovinos“, disse o ministro da Agricultura.[/de prejuízo]

Fonte: G1

Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarPin it

Comentários

Voltar ↖Seguir ↘