Atenção!A página impressa é diferente da página exibida na tela do computador.
Feito!
Erro!

Entrega da declaração do Imposto de Renda inicia nesta quinta

Voltar ↖Seguir ↘
Bertuol SupermercadosAnuncie aquiChapecarJG siteDatchiMossi Viagens e TurismoRádio Sul FMFarmáciaLanchonete Família VieiraShalon siteGDR SiteVidraçariaTissiani TelasJornal2º Racha Nonoai
« Última» PrimeiraCategoria:Geral
ImprimirReportar erroTags:declarações, informações, indevida, previdência, privada, social, pensão e alimentícia371 palavras6 min. para ler
Entrega da declaração do Imposto de Renda inicia nesta quinta - Geral
Ver imagem ampliada
O prazo para entrega da Declaração do Imposto de Renda 2017 inicia às 8h da próxima quinta-feira (02). Quem fizer a entrega nos primeiros dias tem a vantagem de receber a restituição mais cedo e ainda terá tempo para corrigir possíveis erros, sem a necessidade de fazer declaração retificadora, depois do prazo de entrega, que será no 28 de abril.
 
O pagamento do primeiro lote das restituições será feito no dia 16 de junho. Quem deixar para última hora vai receber somente em dezembro. Deve fazer a declaração quem teve rendimentos tributáveis superiores a R$ 28.559,70. Quem vai fazer a declaração sozinho já deve separar as documentações necessárias.
 
O contabilista Daniel Schuster orienta ao cidadão a pegar primeiro o comprovante de rendimento de 2016 no RH da empresa onde trabalha. Conforme o calendário Receita Federal, as empresas têm até esta segunda-feira para informar os rendimentos dos funcionários.
 
Schuster destaca que, nesse ano, o programa gerador da declaração está mais fácil, mas para quem já faz esse procedimento é preciso ficar atento às mudanças. Uma delas é referente aos dependentes. A partir de agora dependentes/alimentandos com 12 anos, completos até 31 de dezembro de 2016, são obrigados a ter CPF, caso contrário não será aceitos na declaração.
 
Os principais motivos que levam o contribuinte a cair na malha fiscal (malha fina) são a omissão de rendimentos de titular e dependentes; dedução indevida de Previdência Privada, Social e Pensão Alimentícia; valores incompatíveis de despesas médicas; e informações declaradas divergentes da fonte pagadora.
 
Schuster ressalta que é muito comum profissionais liberais, como psicólogos e professores de educação física, que utilizam recibo de autônomo, caírem na malha fiscal por não informarem esses trabalhos. Quando o profissional tiver dúvida, o recomendado é procurar a Receita Federal para confirmar as entradas e saídas do seu CPF.
 
O contabilista disse que a malha fina sempre deve ser evitada porque os transtornos são grandes para os contribuintes, desde multa, CPF trancado, inclusão no Cadastro Informativo de créditos não quitados do setor público federal – Cadin até investigação.
 
O programa gerador da declaração está disponível para download na página da Receita Federal (www.receita.fazenda.gov.br). Não é mais preciso baixar o programa ReceitaNet para entregar a declaração. A Receita Federal espera receber 28,3 milhões de declarações.

Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarPin it

Comentários

Voltar ↖Seguir ↘