Atenção!A página impressa é diferente da página exibida na tela do computador.
Feito!
Erro!

Definidas as demandas de Nonoai para a Consulta Popular 2017

Voltar ↖Seguir ↘
Bertuol SupermercadosAnuncie aquiChapecarJG siteMossi Viagens e TurismoDatchiRádio Sul FMFarmáciaLanchonete Família VieiraShalon siteGDR SiteVidraçariaTissiani TelasJornal2º Racha Nonoai
« Última» PrimeiraCategoria:Geral
ImprimirReportar erroTags:vereador, representar, zulmar, debastiani, uruguai, alto, corede e pdt235 palavras3 min. para ler
Definidas as demandas de Nonoai para a Consulta Popular 2017 - Geral
Ver imagem ampliada
O COMUDE, Conselho Municipal de Desenvolvimento de Nonoai, realizou uma Assembléia, aberta a participação da comunidade, para eleger as demandas para o orçamento participativo neste ano. As prioridades definidas nesta Assembléia serão enviadas para Assembléia Regional, que está marcada para o dia sete de julho, na cidade de Frederico Westphalen. Nesta reunião terá  a participação de delegados dos 22 municípios, onde será finalizada a cédula de votação. 
Para o orçamento na região do Corede Alto Uruguai, será destinado R$ 2.442.000,00 (dois milhões, quatro centos e quarenta e dois mil reais). Deste recursos, um milhão está previsto para o setor de Oncologia, que será regionalizado em Frederico Westphalen, e o restante será destinado para os 22 municípios, de acordo com o índice de votação em cada município. 


Por fim ficou definido que as demandas em Nonoai serão para a Bacia Leiteira e Piscicultura, dentro do setor da Agricultura Familiar, e duas demandas para a formação continuada de professores. 
Os Delegados, que foram eleitos para representar o município no dia sete de julho, é o Vereador Zulmar Debastiani - PDT e o servidor do Hospital Comunitário, Paulo Colaço. O presidente do COMUDE, Odinei Sartori, coordenou a reunião. A votação da consulta popular ocorre nos dias 01, 02 e 03 de agosto, pela internet. Em 2016, Nonoai conseguiu garantir um recurso de R$261 mil reais para o Hospital e mais R$ 42 mil para o setor da Agricultura. Esses recursos estão previstos para vir ainda este ano. 

Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarPin it

Comentários

Voltar ↖Seguir ↘