Atenção!A página impressa é diferente da página exibida na tela do computador.
Feito!
Erro!

Alerta: Estado deve ser atingido por dois temporais neste mês

Voltar ↖Seguir ↘
Bertuol SupermercadosAnuncie aquiChapecarJG siteDatchiMossi Viagens e TurismoRádio Sul FMFarmáciaLanchonete Família VieiraShalon siteGDR SiteVidraçariaTissiani TelasJornal2º Racha Nonoai
« Última» PrimeiraCategoria:Geral
ImprimirReportar erroTags:argentina, frias, águas, américa, oeste, costa, oceanos e relação199 palavras2 min. para ler
Alerta: Estado deve ser atingido por dois temporais neste mês - Geral
Ver imagem ampliada
Depois de um outubro marcado por temporais que castigaram o Estado e obrigaram vários municípios a decretar situação de emergência, novembro deve ter um clima mais ameno. Pelo menos é o que indica o monitoramento climático adquirido pelos Centros de Operações Integrado (COIs) da RGE e RGE Sul junto a um instituto privado de meteorologia. As concessionárias utilizam o estudo do clima como uma de suas ferramentas para o planejamento de ações emergenciais em casos de contingências. 


Conforme a análise dos modelos climáticos, ainda não há um cenário favorável, com a atual configuração, para a formação dos fenômenos El Niño ou La Niña. Já em relação aos oceanos, na costa Oeste da América do Sul as águas estão com mais frias. Entre o Norte da Argentina e São Paulo, uma massa de água quente está se expandido e não impede a passagens de frentes pelo país.


Com isso, novembro deve ter um período com clima mais severo, ainda no seu início, entre os dias 3 e 5 e outro no final do mês, dividido em dois intervalos: nos dias 25 e 26 e também nos dias 29 e 30. O Norte do Estado deve ter a maior incidência de chuva, ventos e descargas atmosféricas.  


RGE

Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarPin it

Comentários

Voltar ↖Seguir ↘