Atenção!A página impressa é diferente da página exibida na tela do computador.
Feito!
Erro!

Estado terá reforço policial em áreas mais violentas e nas fronteiras

Voltar ↖Seguir ↘
Bertuol SupermercadosAnuncie aquiChapecarJG siteDatchiMossi Viagens e TurismoRádio Sul FMFarmáciaLanchonete Família VieiraShalon siteGDR SiteVidraçariaTissiani TelasJornal2º Racha Nonoai
« Última» PrimeiraCategoria:Eventos
ImprimirReportar erroTags:gaúcha, presídio, indenizações, quem, devolver, armas, r e máxima252 palavras4 min. para ler
Estado terá reforço policial em áreas mais violentas e nas fronteiras - Eventos
Ver imagem ampliada
Plano Nacional de Segurança ainda prevê construção de novos presídios

Assinada nesta sexta-feira (10), a adesão do Estado a mais uma etapa do Plano Nacional de Segurança prevê reforço na presença policial em áreas com maior incidência de crimes e em seis cidades da fronteira. Também serão destinados recursos para a construção de novos presídios e reforço na segurança das instituições prisionais atuais. 

Evento ocorre no Palácio Piratini

Foto: Piratini /Divulgação

O principal objetivo do plano, que tem início previsto para quarta-feira (15), é reduzir homicídios, feminicídios, violência contra a mulher, combate ao crime organizado internacional e modernização do sistema penitenciário. 

Policiamento

As áreas com maiores índices de criminalidade em Porto Alegre receberão o reforço de 600 agentes, 200 da Força Nacional de Segurança e 400 da Brigada Militar. Haverá liberação de recursos federais para o pagamento de horas extras. A campanha de desarmamento ganhará fôlego com valores para ações publicitárias e indenizações para quem devolver armas. 


Sistema penitenciário

Serão destinados mais de R$ 100 milhões ao Estado para a construção de um presídio de segurança máxima, além de outra casa prisional. Doze instituições receberão bloqueadores de celular (Canoas, Montenegro, Osório, Santa Maria, Ijuí, Passo Fundo, Pelotas, Rio Grande, Uruguaiana, Caxias do Sul e Santa Cruz do Sul). Ainda há a previsão de compra de 14 veículos-cela, 433 tornozeleiras eletrônicas e 23 scanner corporais. 


Fronteiras

Seis cidades da região fronteiriça do Estado ganharão sistema de videomonitoramento. O efetivo da Polícia Rodoviária Federal (PRF) será ampliado em 36 agentes, além da aquisição de um helicóptero, para ações de fiscalização. 


GAÚCHA

Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarPin it

Comentários

Voltar ↖Seguir ↘